17 dezembro, 2012

DOZE FITAS DO DNA: NOSSA HERANÇA ESPIRITUAL - POR KATE A. SPRECKLEY



Há muitos anos, a ciência reconhece que nós temos duas fitas de DNA. Temos, também, mais 10 fitas energéticas de DNA, as quais estão em estado latente nos seres humanos, há séculos. Estas fitas latentes de DNA foram descobertas pelos cientistas que, sem saber a função delas, as identificaram como DNA “lixo”. Ácido desoxirribonucléico (DNA) é um ácido nucléico que contém todas as instruções genéticas usadas no desenvolvimento e funcionamento de todos os seres vivos. 

A principal característica do DNA é a capacidade de armazenar informação por um longo período. DNA é frequentemente comparado a um conjunto de mapas, porque ele contém as instruções necessárias para construir os outros componentes das células. Os segmentos de DNA que carregam a informação genética são chamados genes, mas, outras seqüências de DNA têm objetivos estruturais ou estão envolvidas em regular a informação genética.

Nosso DNA é, portanto, nosso mapa pessoal, e como tal, contém todas as nossas informações mentais, físicas, emocionais e espirituais.

O Ser Humano original tinha 12 fitas ativas de DNA trabalhando e mantendo as funções totais do ser humano como um Ser Espiritual. Com a nossa demasiada preocupação, advinda do funcionamento do hemisfério esquerdo do cérebro e com o fechamento dos centros cardíacos, estas fitas “extras” de DNA foram perdidas.
Como conseqüência dessas perdas nós vivemos em uma sociedade espiritualmente deficiente e nossas habilidades intuitivas e curativas foram enormemente reduzidas. Isto também resultou no uso de uma parte muito pequena de nossos cérebros.

O corpo humano é o que há de mais importante dentre tudo que possuímos. Ele armazena e mantém uma riqueza enorme em informação, sabedoria e conhecimento em todos os aspectos sobre nós mesmos, nosso mundo e toda a Criação. Combinações de inteligência estão armazenadas nos humanos e uma quantidade enorme de informações está armazenada no corpo humano. Dentro de nossos corpos estão as fórmulas necessárias para replicar outras formas de inteligência no universo.

Na concepção nós recebemos de duas linhagens sangüíneas diferentes (nossos pais), certos genes recessivos, em pares e combinados. Estes genes têm códigos de luz que nos oferecem uma possibilidade muito grande para acessar e desenvolver nossas habilidades espirituais e para curar os aspectos danificados ou feridos de nossa Alma.

Ao mesmo tempo, estes genes mantêm memórias, as quais criaram bloqueios no nosso processo de individuação e deram inicio aos nossos sentimentos profundos de separação - separação de nossa verdadeira essência e do nosso Criador. Esta memória de separação nos forçou a criar experiências e situações aonde nos são dadas oportunidades de curar a nós mesmos, nosso mundo e nossas próprias separações.

Como uma Alma, nós, cuidadosamente, encontramos e escolhemos nossos pais e suas linhagens consangüíneas para facilitar experiências e situações que nos tornarão capazes de curar a nós mesmos. Portanto, nós escolhemos nossas estruturas de DNA e as oportunidades possíveis para ativar e ‘acordar’ outras fitas de DNA.

A energia do nosso planeta Terra está se movendo através de planos vibratórios mais altos e expandindo nossos níveis de consciência. Enquanto a Terra aumenta suas vibrações, nós, como Seres Humanos, recebemos muitas oportunidades de também aumentar nossas vibrações. Este processo é chamado Ascensão e existem muitas pessoas ao redor do mundo experimentando confusão e caos em seus mundos. Nesse aparente caos e confusão estão grandes oportunidades para nós crescermos, nos expandirmos e evoluirmos.

Um dos mais interessantes aspectos de nosso processo evolutivo é a reconstrução de nosso DNA. Raios de luz cósmica decodificados de nosso Criador estão chegando à Terra, estimulando mudanças e reordenando nossos corpos. Enquanto os filamentos de luz decodificada são absorvidos em nosso ser, nosso DNA disperso e espalhado, está sendo ativado em novas hélices de fitas de DNA e reordenados em feixes.

Enquanto esta reconstrução se desenvolve, nós criamos um sistema nervoso mais evoluído que facilita novas informações e conhecimentos para nossa consciência. Muitas de nossas células nervosas adormecidas estão sendo ‘acordadas’ e se capacitando para acessar nosso potencial físico completo. Quanto mais nosso corpo se enche de luz, mais nossas memórias são abertas e mais nós evoluímos para Seres Multidimensionais conscientes.

Nossas 12 fitas de DNA ativam e se conectam com os 12 chakras - portas de energia onde podemos acessar nossa herança espiritual. As 12 fitas do DNA funcionam como elos de conexão com os 12 chakras para receber a teia de energia vinda de fora de nossos corpos. Os 12 chakras funcionam como ‘portas’ do nosso corpo, nos conectando às forças vitais da existência. É abrindo e ativando estas portas de energia que começamos a nos conhecer verdadeiramente.

Enquanto as 12 fitas de DNA estão se formando, qualquer questão que não tiver sido lidada e clareada tranquilamente na nossa história pessoal, se tornará caos. Sentimentos e memórias estão emergindo, nos oferecendo uma oportunidade para experimentar do que nós somos feitos, revelando quem somos nós, através dos acontecimentos e crenças, que intrincadamente nós fomos levados a viver. 

Nossa tarefa é acordar, ativar e unir todas as 12 fitas, criando um movimento entre as 12. Este movimento das 12 fitas de DNA, junto com os 12 chakras, trará energias para o nosso ser, ativando e ‘acordando’ os muitos aspectos de nós mesmos. Isto produzirá novas versões, entendimentos e conscientização em todos os eventos de nossas vidas e de nossos mundos.

Nossos 12 chakras são amontoados de energia onde situações podem emergir. Eles tecem memória e identidade e cada um corresponde a uma fita de DNA. Estes 12 centros de energia devem ser acessados desde aonde nós sentimos a informação correspondente às experiências e a tradução delas por nosso pensamento.

Abrindo nossos corações e mentes, todas as respostas aos grandes mistérios serão encontradas. Nós somos requisitados a abandonar nossos sistemas de crenças e criar um novo sistema, pois a mente está estruturada para evoluir e formar nossas experiências baseadas em nosso comando. Nossa mente não é nosso mestre, nós somos os mestres de nossa mente. A mente nada mais é do que uma ferramenta para ser usada somente para a criação da realidade.

Através de um trabalho consciente com as ondas de energia e luz que se movem na Terra, nós somos capazes de perceber e entender que a transformação no planeta está baseada na cura e no poder de nossas mentes.

Ativando todas as 12 fitas de DNA, uma conexão entre nosso código genético humano será criada, o que nos dará acesso a todo conhecimento e sabedoria. Isto é a consciência e o entendimento de quem realmente somos.

Ao ativarmos todas as 12 fitas, nós criamos um alinhamento com nós mesmos, o qual nos permite acessar níveis vibracionais e freqüências mais altos, ajudando nosso processo de ascensão para, depois, acontecer o despertar de nossa consciência humana.

http://www.spiritpathways.co.za




por Instituto De bem com a alma - debemcomaalma@debemcomaalma.com  
Lido 671 vezes, 5 votos positivos e 0 votos negativos.  
Visite o Site do autor.   

Postar um comentário